jul 25

Cão robô patrulha uma casa de metralhadora e dispara à vontade (vídeo)

Já vimos que os robôs, do tipo Spot pode ser uma ajuda auxiliar em muitas áreas. Pode ser um bombeiro, um pastor, um técnico nas fábricas de automóveis, ajudar em hospitais e até patrulhar as ruas. Existe oferta de várias marcas para este tipo de robô e começa a ser um equipamento “de fácil acesso”. Como tal, daí até andar armado a vigiar o perímetro de uma propriedade e disparar “à vontade” é um pequeno passo.

Num vídeo, de certa forma revelador de uma realidade não muito distante, podemos ver um destes robôs com alguma autonomia de vigilância e total poder de fogo.

Robô segurança privado e armado até “aos dentes”

Um vídeo de um cão robô a disparar com uma metralhadora montada nas suas costas tornou-se viral no Twitter esta semana, levantando preocupações se estamos de facto a utilizar tecnologia para o lado certo.

Quando a Boston Dynamics apresentou e começou a comercializar o seu robô Spot, mostrou um mundo novo para estas máquinas. Elas podem caminhar, trepar, têm força para puxar pesos, carregar cargas diferenciadas e até possuem sensores que podem ser usados nos mais variados fins.

Contudo, a empresa manteve-se inflexível quanto ao uso de armas na sua tecnologia. Mas, claro, não demorou muito tempo até alguém por essa ideia em prática, como podemos ver neste vídeo abaixo:

Equipamentos para matar humanos

Segundo algumas informações, o responsável pelo vídeo tem duas unidades destes robôs e é um aficionado quer pela robótica, quer por material militar. Como tal, Atamanov acabou por juntar os seus dois interesses num só projeto e, alegadamente, acabou por fazer um brinquedo muito perigoso.

Como se pode ver no vídeo, o cão robô transporta insígnias das Forças Especiais russas e não é muito bom a lidar com o recuo gerado quando a arma é disparada. Atamanov estará a aperfeiçoar os equipamentos que usará para patrulhar e vigiar a sua propriedade. Resta saber se estes robôs não vão “confundir” o dono com o ladrão.

Se este é um russo com alguma criatividade preocupante, os americanos também já fizeram algo parecido. A empresa Ghost Robotics criou em 2021 um cão robô assassino.

Imagem cão robô armado

Na altura a controvérsia foi grande e o projeto, com o nome Special Purpose Unmanned Rifle ou SPUR, que estava equipado com uma espingarda Creedmoor de 6,5 mm, tinha como missão patrulhar uma área programada de noite e dia graças a um conjunto de sensores.

A verdade é que a tecnologia já existe hoje em dia para transformar robôs pacíficos em armas letais e alvejar os seres humanos.

FONTE: https://pplware.sapo.pt/gadgets/cao-robo-patrulha-uma-casa-de-metralhadora-e-dispara-a-vontade-video/