jan 17

Cannabis medicinal: Zion Medpharma e Tegra Pharma lançam healthtech

Empresas unem expertises no mercado farmacêutico e importação de canabinoides para promover saúde e qualidade de vida.

Com foco em trazer equilíbrio para as pessoas viverem melhor, promovendo saúde e qualidade de vida por meio das terapias com Cannabis medicinal, a Zion MedPharma, especialista em produtos farmacêuticos NatureLab, um laboratório de suplementos nutricionais, e a Tegra Pharma, líder nacional em importação de produtos derivados de Cannabis para fins medicinais, apresentam ao mercado a indústria farmacêutica e healthtech Endogen.

A nova marca de cannabis medicinal e nutrição atuará na importação e distribuição de produtos, além de iniciativas voltadas à educação médica, para ampliar o acesso dos pacientes brasileiros às terapias com canabinoides, os princípios ativos da Cannabis. Inicialmente, o projeto prevê um acordo comercial e operacional, com integração de suas equipes científicas, educacionais e de vendas.

Para o Dr. Claudio Lottenberg, cofundador e presidente do conselho da Endogen, a nova marca vai impactar toda a cadeia da cannabis medicinal no Brasil, com benefícios para pacientes, médicos, acionistas e a comunidade científica no Brasil.

“O resultado desta parceria é muito positivo. Iremos promover educação médica para capacitar e orientar os profissionais de saúde sobre a prescrição dos produtos à base de cannabis; e educação direta à sociedade, por meio de conteúdo informativo de qualidade, sempre amparado por pesquisas, estudos e evidências clínicas comprovadas”, defende o médico, que também é presidente do Conselho da Sociedade Beneficente Israelita Brasileira Albert Einstein.

Cannabis medicinal

De acordo com a edição 2022 do Anuário da Cannabis no Brasil, realizado pela consultoria especializada Kaya Mind, o país tem hoje mais de 180 mil pacientes em tratamento com cannabis medicinal, considerando-se as diferentes vias de acesso legal aos medicamentos, dentre elas as duas áreas de atuação da nova empresa: importação e compra em farmácias.

Segundo Marcelo Galvão, fundador da Tegra Pharma e empreendedor no segmento há mais de 7 anos, a proposta de valor da Endogen é diferenciada porque une uma especialista em Cannabis a um player relevante no mercado farmacêutico e nutricional, com presença em mais de 70% das farmácias no Brasil.

“Mais do que oferecer os melhores produtos do mercado, a preços verdadeiramente competitivos, nós temos o compromisso com a ampliação do acesso à saúde para os pacientes brasileiros e também com a formação de médicos e profissionais de saúde no país. Para isso, trabalharemos juntos em quatro frentes: educação universitária e cursos livres, vendas (com distribuição em farmácias e importação), comunicação ao público em geral e tecnologia de ponta na área farmacêutica e telemedicina aliada ao marketing digital”, afirma.

Endogen

Em seu portfólio, a healthtech vai oferecer cerca de 50 produtos, entre fármacos à base de cannabis e suplementos nutricionais. Atualmente, dois de seus produtos de Cannabis medicinal já foram aprovados pela Anvisa para venda em farmácias e outros oito devem receber a mesma autorização nos próximos anos.

A Endogen também vai ajudar a expandir a plataforma Cannabis e Saúde (Link), fonte de informações qualificadas sobre o tema e que hoje já atende centenas de pacientes por mês por meio de uma plataforma de telemedicina e agendamento online de consultas em uma rede com mais de 200 experientes médicos na prescrição de produtos e terapias que incluem a Cannabis medicinal.

“Somos uma marca posicionada no canal farmacêutico que oferece uma categoria de produtos para saúde que estimulam os fatores endógenos de forma preventiva, de dentro para fora, para promover o equilíbrio do organismo (homeostase) e o bem-estar integral do indivíduo, melhorando a qualidade de vida de nossos pacientes”, explica Lukas Fischer, cofundador da Zion Medpharma.

“Nossa proposta terapêutica baseada em tecnologia e evidências científicas foca além da Cannabis numa linha de produtos fitoterápicos e suplementos nutricionais para potencializar os efeitos dos canabinoides no organismo”, acrescenta Fischer, fundador da NatureLab, especialista há mais de 12 anos na distribuição e comercialização de nutracêuticos e suplementos alimentares no canal farma-alimentar em todo Brasil.

Próximos passos

As duas empresas que criaram a Endogen registraram um faturamento total de mais de R$ 40 milhões nos últimos dois anos. Para os próximos 12 meses, a expectativa é que as operações atinjam um faturamento próximo dos R$ 50 milhões. Em sua primeira rodada de investimentos, a healthtech contou com a participação do fundo Green Rock e agora realiza uma nova captação (Série A) sob a liderança da MMK Brasil.

Ainda durante o primeiro semestre de 2023, a Endogen pretende lançar um marketplace digital de cannabis medicinal por meio da plataforma Cannabis e Saúde, com produtos próprios e de terceiros. O mercado online também vai oferecer produtos farmacêuticos e nutricionais sem canabinoides, mas que podem atuar como importantes coadjuvantes nas terapias com a planta, potencializando a eficácia e reduzindo o custo total dos tratamentos.

Desde o fim de 2022, a Nestlé Health Science, por meio de uma parceria com o Zion, Med Pharma, colocou a sua força de vendas no Sudeste para promover os produtos de Cannabis junto à comunidade médica, e a partir de agora a Endogen ganhará suporte de toda equipe de propagandistas que já atuam pela Tegra Pharma em todo Brasil. Os produtos da Endogen estão já disponíveis nas redes da Abrafarma, com bandeiras como a Drogasil, Droga Raia, Drogaria São Paulo, Pacheco, Panvel, Venâncio, Rede D1000, entre outras.

Com esses movimentos, a Endogen se posiciona para liderar o segmento de cannabis medicinal no Brasil e, para tanto, reuniu uma equipe de especialistas renomados no setor. Além de Marcelo Galvão, Lukas Fischer e Claudio Lottenberg, a Endogen conta com a expertise de sua vice-presidente executiva da Tegra Pharma, Ana Gabriela Baptista, uma das principais autoridades brasileiras em Cannabis medicinal, dos co-fundadores Dr. Dirceu Barbano, ex-presidente da Anvisa, e Dr. Luis Otávio Caboclo, coordenador médico do setor de Neurofisiologia Clínica do Hospital Israelita Albert Einstein, e dos executivos Dr. Luís Vítor de Lima Salomão e Dr. Paulo Sérgio Zoppi, ambos fundadores da Salomão Zoppi Diagnósticos, hoje parte do grupo DASA.

FONTE: https://startupi.com.br/endogen-de-cannabis-medicinal/