ago 02

Calçados impressos em 3D serão uma indústria de US$ 6,3 bilhões em uma década

Os analistas de pesquisa de impressão 3D, SmarTech, preveem que a indústria de calçados impressos em 3D se tornará uma indústria de US$ 6,3 bilhões em uma década, com calçados impressos em 3D se tornando o maior segmento de consumo de impressão 3D até 2029. Essas são previsões ousadas, mas os sapatos impressos em 3D já são comuns.

Para prototipagem rápida, todas as maiores marcas de calçados usam impressão 3D. Isso os ajuda a criar moldes mais precisos e rápidos e a trazer novos produtos ao mercado mais rapidamente. Mas nos últimos anos a impressão 3D deu o salto para a produção em massa de sapatos. Os sapatos de manufatura aditiva agora são vendidos às centenas de milhares.

Mais comumente, os sapatos impressos em 3D apresentam uma entressola impressa em 3D. A entressola é a parte entre a parte superior e a sola e é responsável pelo amortecimento dos impactos – por exemplo, durante a corrida – para manter os pés em boas condições. As entressolas impressas em 3D podem reduzir o peso, amortecer melhor os pés dos corredores e fornecer mais resistência ao sapato.

Quase todos os projetos de calçados impressos em 3D envolvem impressoras 3D de resina , com empresas como Carbon e Formlabs colaborando com grandes marcas de tênis como Adidas e New Balance para trazer esses sapatos ao mercado. São usados ​​materiais elásticos de poliuretano ou materiais flexíveis de TPU. Impressoras 3D SLS também são usadas.

Vantagens da impressão 3D para calçados

Recentemente, especialistas em materiais e produtos químicos começaram a colaborar com empresas de tênis para criar materiais de nível de produção para impressão 3D, e agora as peças de calçados impressas em 3D têm a maior qualidade e durabilidade que podem ser alcançadas na moldagem por injeção.

  • Personalização completa: sapatos impressos em 3D podem ser criados com base nas medidas exatas de um indivíduo, para que se encaixem perfeitamente. Pessoas com pés finos ou largos que lutam para encontrar um ajuste confortável vão gostar especialmente da personalização que os sapatos impressos em 3D oferecem.
  • Projetos inovadores e complexos agora são possíveis: projetos completamente novos e empolgantes podem ser criados usando software 3D com peças complexas que não poderiam ser feitas usando métodos tradicionais.
  • Materiais personalizados: abre mais opções para designers ambiciosos que desejam trazer novos materiais para o design de calçados.
  • Tempo de lançamento mais rápido: novas iterações podem ser ajustadas instantaneamente com base no feedback.
  • Produção de lotes mais fáceis para startups: como empresas como a FUSED Footwear mostraram, a impressão 3D significa que você pode fabricar sob demanda em vez de investir em linhas de produção caras.

Adidas, Nike, Under Armour, Reebok, New Balance entre outras grandes marcas de calçados esportivos já lançaram tênis com impressão 3D. Mas a tecnologia aditiva atraiu também pequenas marcas de calçados personalizados como a FUSED de Hong Kong. A FUSED é uma empresa independente de calçados impressos em 3D usando essa tecnologia para contornar as barreiras típicas de entrada na indústria de calçados: grandes fábricas e produção em massa.

Uma empresa de um homem só criada pelo designer Phillipe Holthuizen, a FUSED oferece tênis impressas em 3D com design super moderno em branco, preto ou translúcido. Os sapatos são totalmente impressos em 3D, não apenas a entressola, mas todo o tênis, e são impressos em filamento TPE flexível.

Os tênis usados da FUSED podem ser enviados de volta para serem reciclados, e o cliente receberá 20% de desconto na próxima compra. Como os tênis são feitos do mesmo termoplástico, é só limpar, triturar e imprimir novos.

FONTE: https://www.stylourbano.com.br/calcados-impressos-em-3d-serao-uma-industria-de-us-63-bilhoes-em-uma-decada/