set 19

BRASILEIRO INVENTOR DE LÂMPADA FEITA COM PET TEM SUA IDEIA ESPALHADA PELO MUNDO

Toda grande invenção quase sempre foi gerada a partir de uma dificuldade. Foi o que aconteceu o com o mecânico mineiro Alfredo Moser, que em 2002 encontrou uma solução para iluminar sua casa com a invenção apelidada de “lâmpada engarrafada”  e este ano já deve atingir 1 milhão de casas iluminadas com sua invenção ao redor do mundo.

A inspiração veio durante um período de frequentes apagões de energia que o país enfrentou no referido ano, e percebeu que poderia escapar do escuro pendurando no telhado de casa garrafas plásticas cheias de água. Para produzir a lâmpada basta pegar uma garrafa PET transparente de dois litros e encher com água e mais duas tampinhas de água sanitária (para a água não ficar turva com o tempo).

A potência da lâmpada do Sr. Alfredo vai de 40 a 60 watts, dependendo de quão forte for o sol, e pela eficácia da engenhoca, ele começou a instalar na casa de vizinhos e parentes. Uma reportagem do programa Globo Repórter de 2008 registrou o feito de Moser, e consequentemente foi um dos difusores da invenção pela internet. Veja o trecho da reportagem:

No mesmo ano, a empresa de energia Ampla tem instalado na casa da população de baixa renda, para ajudar-lhes a diminuir o valor da conta de energia, e tem conseguido êxito na proposta.

Mas, a invenção do Sr. Alfredo ganhou o mundo, a partir das mãos do filipino Illac Diaz, um ativista que iniciou diversos projetos sociais e ecológicos (já falamos dele aqui), e encontrou na internet sobre a invenção do mineiro, criou o projeto “Liter of Light” (Um litro de água), levando iluminação barata para a população do país, e ainda as pessoas que moram em áreas pobres são capazes de produzir alimentos em pequenas hortas hidropônicas usando a luz engarrafada para ajudar no crescimento das plantas. No site, ele divide os créditos da invenção ao Sr. Alfredo e a estudantes do MIT.

FONTE: https://deolhonaengenharia.com/brasileiro-inventor-lampada-feita-com-pet-tem.html