nov 03

Black Friday antecipa contratação de temporários para turbinar e-commerce

Grandes empresas, como Mercado Livre, Via e Riachuelo, correm para completar o quadro de funcionários e faturar com o calendário de fim de ano do varejo.

comércio brasileiro deve fechar o período de fim de ano com a contratação de 109,4 mil trabalhadores temporários, segundo as projeções da Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC). Mas, antes mesmo da chegada do Natal e do Ano Novo, outra data importante do calendário do varejo nacional que tem impulsionado as contratações desses funcionários provisórios é a Black Friday. Para garantir que as operações no período de promoções sejam concluídas com sucesso- no fim de novembro-, nomes como Mercado LivreVia e Riachuelo correm para ampliar o quadro de funcionários.

Após se consolidar como uma das principais datas no calendário de consumo no País – impulsionada pelo crescimento do e-commerce nacional- gigantes do varejo online reforçam as contratações temporárias para dar conta das previsões de crescimento de vendas na edição deste ano. Cargos como estoquista, operador logístico, embalador, armazenista, almoxarife e motociclistas entregadores são algumas das funções com maior oferta de vagas dentro do setor.

Habilidades comportamentais têm importância maior para crescer na carreira, diz CEO do Rappi Brasil

Nascida na Sérvia e radicada no Brasil, Tijana Jankovic explica que “comunicação é a grande palavra do século”

A carreira campeã em contratação é a de estoquista, que teve aumento de 54% no período analisado, totalizando 22.537 novos contratados. Na segunda posição, está o trabalho de embalador, com um crescimento de 41% no período, alcançando a marca de 29.321 novas vagas com carteira assinada no País.

Desde o início da pandemia, no ranking de vagas do varejo, das 12 carreiras com maior crescimento no número de postos de trabalho, sete fazem parte da estrutura de atuação do e-commerce. “Nós estamos vendo uma mudança na demanda por trabalhadores dentro do comércio físico e virtual, que já reflete na demanda da Black Friday em 2022?, diz Bentes.

‘Estamos contratando’

Diante da projeção de crescimento nas vendas para a Black Friday para superar o resultado de 2021, o Mercado Livre decidiu reforçar o seu número de trabalhadores temporários. Ao todo, a companhia deve contratar cerca de 2.400 temporários no País, com foco principal em postos de trabalho de apoio às operações logísticas.

Esses profissionais poderão ser efetivados dependendo do desempenho e oportunidades que surgirem ao final deste período, informou o marketplace. A pouco menos de um mês para o período de descontos, o gigante do e-commerce ainda tem oportunidade de trabalho em aberto. As vagas podem ser consultadas no site da companhia.

No caso da Via – dona das marcas Casas BahiaPonto e Extra.com – a companhia decidiu abrir 1 mil vagas em seus 30 centros de distribuição espalhados pelo País, para atender o aumento de vendas durante o calendário de Copa no Catar, Black Friday e Natal. Os trabalhadores temporários atuaram principalmente em cargos como conferente, motorista de empilhadeira, operador de CD e assistente de logística. “Nos preparamos muito para esse momento que, neste ano é atípico, pois temos reunidos três calendários de vendas importantes para o varejo entre o fim de novembro e dezembro”, afirma Fernando Gasparini, diretor-executivo de Logística da Via.

Tradicionalmente, as vagas temporárias de fim de ano no Brasil costumam ser direcionadas principalmente para as empresas com atuação no varejo físico, para o atendimento direto aos clientes. Para as companhias que também atuam no mundo digital, a programação de contratações provisórias começa a pesar nos dois canais de venda, para impulsionar ambos os negócios.

No caso da Riachuelo, para o período de vai da Black Friday ao Natal, a companhia terá 61% dos postos voltados ao processo logístico e de atendimento digital. Ao todo, foram abertos 1,1 mil postos de trabalho, dos quais 126 vagas são para canais digitais, e outras 571 vagas para atuar nos centros de distribuições – que envolvem logística e toda separação de produtos.

O que fazer (e o que não fazer) para mostrar sua rotina de trabalho no TikTok

Enquanto profissionais de áreas distintas viralizam na internet por meio de conteúdos relacionados ao trabalho, especialistas tentam compreender o novo fenômeno para orientar trabalhadores

Até empresas menores vem decidindo aumentar o período de contratação de temporários, para fortalecer o quadro de funcionários durante a Black Friday. Por causa do aumento nas vendas durante o período que antecede a data de promoções e o Natal, a Westwing, e-commerce de artigos para decoração, abriu 35 vagas para trabalhadores temporários. todas as funções são ligadas ao funcionamento do serviço de e-commerce, em especial no auxílio da logística para envio dos produtos do site.

Maiores chances de efetivação

Ricardo Taborda, o sócio da 7D – empresa especializada em soluções para logística- acredita que, apesar da redução no número de pedidos no varejo digital na comparação com o início da pandemia, a demanda por mão de obra qualificada para os e-commerces deve se manter aquecida no País.

A explicação é a necessidade de trabalhadores que executem funções manuais, como a separação de itens no processo de envio de encomendas. “Não é possível deixar as equipes prontas para essas datas, porque os pedidos costumam disparar na Black Friday, por isso a necessidade de contratação de temporários”, avalia.

Diferentemente de outros setores da economia que tem aumentado o processo de autonomia da linha de produção com uso de tecnologias como o 5G, no caso do e-commerce nacional, junção de fatores como o alto custo de modernização e mão de obra acessível deve manter em alta as contratações ligadas à logística dos sites de venda. “No Brasil é muito mais barato contratar estoquistas, do que automatizar uma fábrica inteira”, exemplifica.

Uma das expectativas de quem busca um trabalho temporário no fim de ano é deixar o contingente de desempregados e transformar a vaga provisória em uma oportunidade definitiva. Ainda para Bentes, da CNC, vagas ligadas ao e-commerce podem apresentar uma taxa de efetivação maior que a média do varejo geral. Conforme a projeção da Confederação, a taxa de efetivação das contratações temporárias de fim de ano deve ser de 11,3% em 2022. “Seguramente a taxa de efetivação desses funcionários será maior do que o varejo tradicional”, afirma Bentes.

FONTE: https://www.terra.com.br/noticias/educacao/carreira/black-friday-antecipa-contratacao-de-temporarios-para-turbinar-e-commerce,176162f44adb6ecc900c0f301b2622de8wlrqpjd.html