Biocombustíveis: Brasil utiliza apenas 2% do seu potencial

Atualmente, o Brasil tem 675 plantas de biogás instaladas, utilizando apenas 2% do potencial de biocombustíveis do país.

agronegócio é considerado o motor da economia brasileira, respondendo por cerca de um quarto do PIB do Brasil. E há otimismo sobre o futuro do setor. De acordo com dados divulgados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), a safra de cereais, leguminosas e oleaginosas deve registrar novo recorde em 2023. No entanto, a robustez dessa indústria poderia ser utilizada para impulsionar o uso de biocombustíveis no Brasil.

Potencial do biocombustível

  • O agronegócio produz uma quantidade significativa de material rejeitado, que muitas vezes é tratado como lixo.
  • Uma alternativa viável para reciclagem desses resíduos é a produção de biocombustíveis.
  • O professor Fernando de Lima Caneppele da Faculdade de Zootecnia e Engenharia de Alimentos da USP explica que esse tipo de combustível “são fontes não fósseis produzidas através da biomassa que, por sua vez, é todo o material obtido da decomposição dos resíduos de diversos processos e componentes, tais como cana-de-açúcar, milho, dejetos ou quaisquer outros de origem biológica”.

Energia renovável

  • Essa fonte renovável de energia se divide em dois campos: biogás e biometano.
  • O biogás é gerado por meio da decomposição dos resíduos agrícolas, sendo majoritariamente constituído por metano e carbono.
  • Com ele é possível produzir o biometano, que nada mais é do que a purificação do biogás.
  • Nesse processo, remove-se grande parte do carbono para que o combustível seja formado basicamente de metano isolado.
  • Segundo Caneppele, com sua alta pureza, ele é capaz de praticamente substituir o gás natural, fornecendo uma alternativa renovável para os processos de geração de energia.

Potencial pouco explorado

  • O professor acrescenta que, “para se ter uma ideia do potencial, a Associação Brasileira de Biogás e Biometano (Abiogás) estima que os dejetos dos suínos podem gerar 2,7 bilhões de metros cúbicos anuais de biometano, o suficiente para substituir quase 2,5 bilhões de litros de diesel. Esse material também poderia gerar energia elétrica suficiente para abastecer aproximadamente 5 milhões de casas mensalmente”.
  • Atualmente, com 675 plantas de biogás instaladas, o país utiliza apenas 2% desse potencial, segundo informações do Jornal da USP.
  • A exploração desse modal energético pode trazer alternativas para o consumo e redução no custo da energia.
  • E também fazer com que pequenos produtores tenham a chance de se tornarem autossuficientes em energia elétrica, produzindo-a através de resíduos e dejetos gerados no próprio local.

FONTE:

https://olhardigital.com.br/2023/08/08/ciencia-e-espaco/biocombustiveis-brasil-utiliza-apenas-2-do-seu-potencial/