jan 22

Bike elétrica de 4 rodas promete segurança e conforto

A CityQ foi lançada na Noruega e pode ser uma boa solução quem quer pedalar em centros urbanos

Elétrica e com 4 rodas, bicicleta lançada na Europa promete conforto e segurança. Foto: Divulgação | CityQ

As bicicletas são uma opção sustentável para transporte e lazer – sem emitir gases que contribuem para o efeito estufa e poluem o ar, ajudam o planeta e o nosso corpo a se manter saudável. Na pandemia, elas ganharam espaço por serem uma alternativa de locomoção individual que evita aglomerações cem transportes públicos e são mais baratas do que automóveis.

No entanto, muitas pessoas ainda têm alguns obstáculos para aderir à bike como modal para centros urbanos. A primeira questão é a segurança, já que muitas cidades e motoristas não dão à bicicleta o respeito que ela merece. Outra questão é o esforço físico, já que o preparo físico necessário para pedaladas mais longas ou em vias com alguma inclinação ainda não é a realidade de quem está começando.

Uma bicicleta elétrica lançada na Europa pode ser a solução para estes dois problemas. A CityQ foi criada pensando na segurança e conforto: com quatro rodas ela é muito mais estável, possui uma proteção contra chuva e vento e requer menos esforço nas pedaladas, por ser elétrica.

O projeto é da empresa norueguesa CityQ AS. A bike é quase um mini veículo movido por pedaladas e por um motor assistente de 250W. Os pedais, no entanto, não estão conectados diretamente ao mecanismo de tração, substituído por um sistema de tração gerenciado por um software similar ao que encontramos em alguns carros elétricos. As pedaladas geram energia e a CityQ usa esta energia para se mover.

As baterias demoram cerca de 5 horas para se recarregarem completamente e garantem uma autonomia de até 100 quilômetros. Caso a bateria acabe, a bicicleta vai se movimentar com pedaladas, como qualquer outra.

Com teto, para-brisas e portas laterais, os ciclistas se protegem da chuva e do vento e a cabine pode levar até 2 adultos, uma traás do outro. O espaço traseiro da cabine pode ainda transportar duas crianças pequenas ou ser usado como bagageiro.

A CityQ tem 2,2 metros de comprimento, 87 centímetros de largura e 1,5 metro de altura. Seu peso é de 68kg e ela pode transportar até 300 quilos.

Segundo o fabricante, ela se enquadra na legislação de trânsito como um bicicleta elétrica, o que garante sua circulação por ciclovias e seu transporte em racks para bicicletas. Para dirigir a bike não é necessário ter nenhuma licença ou carteira de habilitação.

Respeitando as leis de trânsito da Europa, a velocidade máxima que a CityQ pode atingir é de 25km/h.  Graças à transmissão elétrica, a bicicleta conta com algumas funcionalidades como marcha a ré, modo de carga pesada e velocidade cruzeiro.

Por enquanto a CityQ está disponível para compra apenas pelo site da fabricante (www.cityq.biz) por um valor de 7.450 euros, cerca de R$ 48,5 mil.

Veja no vídeo abaixo (em inglês) um pouco mais sobre a CityQ:

FONTE: https://ciclovivo.com.br/arq-urb/mobilidade/bike-eletrica-de-4-rodas-promete-seguranca-e-conforto/?fbclid=IwAR3QQsURtsueYEfUYbL1V1wwEX5JMN7S8kab9oGvuB9DEmMv25x0BXO1l6I