jun 03

BBC realizou a primeira transmissão ao vivo usando uma rede 5G

A rede britânica BBC aproveitou a chegada das conexões 5G ao país por intermédio da operadora EE para fazer os primeiros experimentos em transmissões ao vivo na última sexta-feira (31). Além da conexão propriamente dita, também foi necessário usar uma torre da Huawei para fazer a rede britância ser a primeira a utilizar essa internet em um link.

Antes do início da transmissão, um dos apresentadores fez um pequeno vídeo mostrando um pouco de toda a tecnologia empregada para tornar essa transmissão possível, incluindo aqui o equipamento da Huawei localizado no teto do carro. O que ele (e talvez toda a emissora) não contava, entretanto, é que uma pequena falha iria adiar essa transmissão por 15 minutos.

Nem tudo são flores

Apesar de alcançar grandes velocidades (elas podem chegar a 980 Mbps nas redes móveis), a rede ainda está em sua fase inicial e, por conta disso, sujeita a falhas. Quem acompanhou a transmissão reparou que, além do adiamento da entrada da jornalista no jornal matinal da BBC News, a transmissão teve um pequeno problema, como é possível ver no vídeo a seguir:

Como é possível ouvir na fala da repórter, o equipamento habilitado para o 5G não suportou uma conexão acima de 40 Mbps. Nas palavras dela, isso “é equivalente ao que você [expectador] consegue na sua casa”.

Em um determinado momento, o vídeo é cortado para o estúdio, onde o apresentador Clive Myrie fala, entre risos, que vai interromper a repórter “porque estranhamente a linha 5G não está trabalhando de maneira correta”.

Vale lembrar, é grande a possibilidade de tal erro ter ocorrido por conta de uma instabilidade ou mesmo interferências no momento da transmissão, tendo em vista que estamos falando de um sistema recém-inaugurado no país. Além do Reino Unido, apenas Estados Unidos e Coreia do Sul possuem acesso a essa internet.

FONTE: BBC