maio 03

Banco Revolut, uma das principais fintechs da União Europeia, começa a operar no Brasil

O país é o escolhido pela fintech para começar suas operações na América Latina.

O banco Revolut, uma das principais fintechs da União Europeia e com mais de 29 milhões de clientes ao redor do mundo, anuncia nesta terça-feira (2) sua chegada oficial ao Brasil. O país é o escolhido pela empresa para começar suas operações na América Latina.

A empresa já possui uma equipe estabelecida no país, incluindo o CEO local Glauber Mota (ex-BTG Pactual). Segundo comunicado da fintech, o Brasil foi escolhido devido à demanda crescente por remessas internacionais, opções de investimento no exterior e outros serviços digitais. “Temos uma demanda crescente por tecnologias inovadoras que tragam benefício para o cliente na sua gestão financeira”, explica Mota.

A conta global da Revolut oferecerá recursos de câmbio e remessa em 27 moedas, além de ter um cartão aceito em praticamente todos os países do mundo. O câmbio pode ser realizado 24 horas por dia, 7 dias por semana, permitindo que os clientes comprem moeda estrangeira mesmo nos fins de semana.

Nik Storonsky, co-fundador e CEO da Revolut diz que a missão da fintech “é abrir uma economia sem fronteiras com produtos financeiros acessíveis e fáceis de usar e que permitam aos nossos clientes usar seu dinheiro com eficiência. Iniciaremos com a conta global e os investimentos em cripto, mas isso é apenas o começo”.

Criada em 2015, a Revolut conta com um aplicativo financeiro global com serviços de transferência de dinheiro e câmbio. Hoje, o app conta com mais de 400 milhões de transações realizadas por ano.

FONTE:

https://epocanegocios.globo.com/futuro-do-dinheiro/noticia/2023/05/banco-revolut-uma-das-principais-fintechs-da-uniao-europeia-comeca-a-operar-no-brasil.ghtml