mar 15

Banco do Brasil lança plataforma para se conectar com startups

O Banco do Brasil deseja se conectar e trabalhar com startups; empresas podem desenvolver projetos em conjunto e participar de laboratório

Banco do Brasil lançou uma plataforma para se conectar com startups. Chamado de “BB Startups”, o site é uma ponte para o banco se aproximar do ecossistema de startups do país.

O site descreve o Banco do Brasil “de portas abertas para a comunidade de startups”. A plataforma traz a possibilidade de empresas se cadastrarem para oferecer parcerias estratégicas com a instituição financeira. Em um formulário, elas devem escrever um “elevator pitch” (uma apresentação tão rápida quanto uma conversa de elevador) e contar a possível sinergia com o BB.

As empresas escolhidas serão chamadas para um Demo Day no qual poderão conversar pessoalmente com o banco. Além disso, ele também descreve quais são seus possíveis serviços que podem ser utilizados por startups – desde conta corrente PJ à seguro empresarial, gerenciador financeiro e linhas de crédito.

“Desenvolver Junto”

A plataforma ainda cita que o Banco do Brasil está preparando APIs de serviços bancários. APIs são interfaces de programação de aplicações que permitem a integração entre sistemas de empresas diferentes. Elas podem facilitar que fintechs conectem suas soluções ao banco, oferecendo mais opções de pagamento, por exemplo, além do compartilhamento de dados.

E para quem quer ficar ainda mais integrado, o banco está trazendo inclusive a opção de startups participarem do Labbs – o Laboratório Avançado do Banco do Brasil. O Labbs é um coworking de experimentação do banco – e ele abre a possibilidade do desenvolvimento conjunto de soluções.

O Labbs está localizado em Brasília, onde são realizadas as etapas de garagem, incubação e aceleração de startups. O laboratório possui ainda uma unidade no Vale do Silício, dentro da aceleradora Plug and Play. Saiba por que esse foi o local escolhido pelo banco.

Iniciativas dos concorrentes

O Banco do Brasil não é o único que está estreitando sua relação com startups. O Bradesco e Itaú também têm se destacado pelo mesmo motivo – o Bradesco com o inovaBra e o Itaú com o Cubo.

FONTE: StartSe