jul 15

Banco digital N26, o “Nubank alemão”, começa a operar nos EUA

Depois do mercado americano, o N26 pretende trazer sua conta digital para o Brasil e concorrer com Nubank e Banco Inter, mas a data de lançamento ainda não foi definida

Enquanto se prepara para entrar no mercado brasileiro, o banco digital N26, espécie de “Nubank alemão”, anunciou hoje o lançamento de suas operações nos Estados Unidos.

A versão de testes (beta) do aplicativo do N26 estará inicialmente disponível para os 100 mil clientes que entraram na lista de espera. O lançamento público no mercado americano está previsto para setembro. Para atuar no país, a empresa fechou uma parceria com o Axos Bank.

O N26 foi lançado no início de 2015 e conta hoje com mais de 3,5 milhões de clientes em 24 países. A empresa de tecnologia financeira (fintech) costuma ser comparada com o brasileiro Nubank por contar com um aplicativo intuitivo e que atraiu principalmente usuários jovens, os chamados “millennials”.

A entrada nos Estados Unidos faz parte dos planos de expansão anunciados neste ano pelo N26, logo depois de receber um aporte de US$ 160 milhões (R$ 602 milhões, no câmbio de hoje), em uma rodada de investimentos liderada pela chinesa Tencent e pela alemã Allianz.

 No total, a fintech já captou mais de US$ 500 milhões de investidores, incluindo a americana Insight Venture Partners e a Valar Ventures, de Peter Thiel, co-fundador do PayPal.

O objetivo de Valentin Stalf, co-fundador e CEO do N26, é ampliar o número de usuários para até 50 milhões nos próximos anos.

 Depois do mercado americano, o N26 pretende lançar sua conta digital no Brasil, mas a data ainda não foi definida. A operação local é comandada por Eduardo Prota, que antes atuava na área de inovação da Cielo.
FONTE: SEU DINHEIRO