abr 14

Aumento de 24% no fluxo de pessoas em coworking indica maior adoção do trabalho híbrido

Segundo mapeamento realizado pelo IWG, empresa de espaços de trabalho flexíveis como coworkings e escritórios, houve um aumento de 24% nas visitas às unidades da Regus e da Spaces em março, se comparado ao mês anterior. Para a empresa, o aumento na demanda nas 60 unidades operantes no País está diretamente ligado à adoção do trabalho híbrido por parte das empresas e à vacinação, que reflete em um ambiente mais seguro aos funcionários.

Vale destacar ainda, que a publicação da medida provisória 1.108 no Diário Oficial da União, que regulamenta as diretrizes para o trabalho em home office, também contribuiu para o cenário. O conjunto de novas regras ajusta a legislação às necessidades desse modelo de trabalho, que ganhou força durante a pandemia devido à necessidade de distanciamento social. 

Os dados coletados de todo o mês de março indicam que entre os dias preferidos para o uso do escritório são segunda e sexta-feira, que apresentaram um fluxo de cerca de 37% e 10% maior, respectivamente, em março, se comparado ao mesmo período do mês anterior. Em fevereiro, o dia da semana com maior presença de pessoas nos centros do grupo era quinta-feira, que também teve um aumento nas visitas de 8%. 

O uso dos espaços de trabalho compartilhados está entre as alternativas dos que adotaram o trabalho flexível como uma medida preventiva durante a pandemia. Em uma pesquisa realizada pelo IWG, 77% dos funcionários dizem trabalhar mais perto de casa é essencial para sua próxima mudança de emprego. Dos respondentes, quase metade deixaria o emprego caso fosse solicitado a voltar ao escritório cinco dias por semana. Além disso, o estudo indica que os trabalhadores estão quatro vezes mais propensos a escolher um escritório próximo de casa a um centro da cidade. 

FONTE: https://ipnews.com.br/aumento-de-24-no-fluxo-de-pessoas-em-coworking-indica-maior-adocao-do-trabalho-hibrido/