out 24

Apple deve lançar óculos de realidade aumentada em 2020

O próximo ano pode representar um grande passo na evolução da realidade aumentada na indústria

O ano de 2020 promete ser um ótimo ano para a tecnologia. À medida que as redes 5G se proliferam gradualmente, empresas preparam diversos dispositivos para se aproveitar dessa evolução tecnológica.  

Para a Apple, o próximo ano pode ser particularmente importante, já que o iPhone vai receber sua maior atualização desde 2017: a implementação do 5G. Além disso, os planos da empresa apontam para a adoção de uma câmera 3D aprimorada, para garantir que os aplicativos que usam realidade aumentada sejam mais precisos na detecção dos objetos.  

Isso vai abrir portas para um outro dispositivo que a Apple vem trabalhando: seus óculos de realidade aumentada. O lançamento, que está previsto para 2020, é uma tentativa de obter sucesso onde o Google Glass falhou anos atrás. Espera-se que os óculos sejam sincronizados com o iPhone dos usuários para exibir textos, e-mails, mapas e até rodar jogos usando a tecnologia de realidade aumentada.  

A empresa ainda considera incluir uma App Store com os óculos, como aconteceu com dispositivos como Apple TV e o Apple Watch. Eles estão contratando diversos desenvolvedores de jogos para criar projetos que façam com que os óculos se tornem bastante populares, e, se tudo correr como o planejado pela empresa, o dispositivo pode até ser o sucessor do iPhone.  

Realidade aumentada  

Além da Apple, o Facebook também trabalha em um projeto parecido. A ideia da rede social é criar um óculos de realidade aumentada onde é possível atender a chamadas telefônicas e tirar fotos.  

Amazon trabalha em um dispositivo chamado Echo Frames e um anel chamado Echo Loop, ambos são projetados para trabalhar em conjunto com a Alexa, assistente virtual da Amazon.  

O ano dos dobráveis 

Microsoft planeja lançar a tempo do período de férias de 2020, um dispositivo chamado Surface Duo. Esse aparelho é um tablet dobrável, capaz de fazer e receber chamadas, e que se dobra para ficar compacto. O Surface Duo vai rodar o sistema operacional Android e usará a loja Google Play para download de aplicativos.  

Samsung, por sua vez, também trabalha em um novo aparelho dobrável. A ideia da empresa é se redimir pelos problemas apresentados por seu primeiro dispositivo do gênero, o Galaxy Fold.  

FONTE: OLHAR DIGITAL