maio 13

Andrade Gutierrez lança programa de inovação aberta Vetor AG

Com o Vetor AG, a companhia propõe que empresas, pesquisadores e universidades apresentem soluções para nove desafios

Electrical engineer while working laptopl.

O mercado de construção civil, que movimenta hoje grande parte da economia do país e do mundo, está passando por transformações. Com o surgimento de tecnologias e soluções inovadoras, as empresas estão se reinventando e aprimorando seus processos. Há mais de 70 anos no mercado, a Andrade Gutierrez é uma delas. Com o programa de inovação aberta Vetor AG, a companhia busca projetos inovadores para as indústrias de construção civil, engenharia e infraestrutura.

 Com a iniciativa, que está em sua segunda edição, a Andrade Gutierrez propõe que empresas, pesquisadores e universidades apresentem soluções para nove desafios: agilidade na captação de mão de obra local; otimização na logística de materiais, redução do tempo de tratamento térmico em soldagens; agilidade no lançamento de cabos em tubulações; apontamento de produção em tempo real; caracterização de solos otimizada; compactação de solos em climas desfavoráveis; canteiros sustentáveis; e gestão remota.

“O Vetor AG foi criado para trazer à Andrade Gutierrez a inovação aberta. Ou seja, a conexão da AG com soluções desenvolvidas por startups, pesquisadores e por empresas tecnológicas e com soluções altamente inovadoras”, ressalta André Medina, gerente de inovação da empresa.

No primeiro ciclo do programa, que durou cinco meses, foram sete empresas aceleradas e cinco contratadas: ConstruCODE, Controller, Levitar, Magalhães Gomes e Maply. “Como parte da estratégia da AG, a inovação se iniciou com a excelência operacional e agora estamos inicando a conexão com o mercado através do Vetor AG, pois acreditamos que a inovação traz retorno positivo direto e indireto para a empresa”, diz Medina.

Novo ciclo

No ciclo de 2019 do Vetor AG, além de acelerar projetos inovadores, a Andrade Gutierrez também poderá contratar soluções já disponíveis no mercado por meio do processo de Fast Track. “Teremos menor burocracia na contratação das startups, faremos maiores investimentos nos pilotos e temos a intenção de investir em soluções que façam sentido estratégico para a AG”, explica André.

Para dar o suporte aos participantes, o Vetor AG conta com um espaço de coworking no escritório da Andrade Gutierrez em São Paulo. As empresas selecionadas terão, durante cinco meses, suporte de mentores, especialistas em aceleração e do corpo técnico da AG. Além disso, receberão treinamentos e auxílio financeiro para desenvolver suas soluções em escala real, com possibilidade de investimento.

As inscrições para o programa vão até o dia 31 de maio e podem ser feitas pelo site. Um comitê composto por diretores da construtora e consultores externos selecionará os melhores candidatos para um Pitch Day que acontecerá em junho. O novo ciclo de aceleração e Fast Track está previsto para o início de julho.

FONTE: STARTSE