jul 17

Anatel vai entrevistar 90 mil pessoas para medir satisfação de serviços

Pesquisa será realizada por telefone entre julho e novembro; para evitar golpes, não serão pedidas informações pessoais ou senhas dos participantes

A Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) vai entrevistar cerca de 90 mil pessoas entre julho e novembro de 2020 para medir a satisfação dos consumidores com os serviços de telecomunicações no país. A pesquisa será feita por telefone e, para evitar possíveis golpes, não é pedir nenhuma informação pessoas, como número de documentos, senhas ou cadastros.

Serão consultados usuários de telefonia fixa e móvel, banda larga fixa e TV por assinatura. O questionário possui perguntas sobre satisfação geral com o serviço e a qualidade percebida entre os canais de atendimento das empresas, oferta e contratação do serviço, funcionamento do mesmo, cobrança, reparo, instalação e a capacidade de resolução de problemas.

Serão entrevistados clientes de telefonia fixa e móvel, banda larga fixa e TV por assinatura. Foto: Reprodução

Os resultados devem ser divulgados no primeiro trimestre de 2021, e vão permitir fazer uma comparação entre as empresas em cada estado.

Possíveis golpes

Durante a pesquisa, algumas informações vão ser pedidas para compor o perfil sociodemográfico das pessoas entrevistadas. Isso inclui estado e município, idade, renda aproximada e escolaridade. Porém, nenhuma informação dessas pessoas, como número de documentos, e-mail, endereço, dados bancários, senhas ou código de confirmação serão pedidos.

A Anatel alerta que, caso algum desses dados sejam pedidos, o usuário deve ter certeza de que se trata de um golpe e não da pesquisa real.

5G no Brasil

Na primeira quinta-feira de julho (2), a Claro – em uma ação quase “conjunta” com o lançamento de dois novos smartphones da Motorola compatíveis com a tecnologia 5G – anunciou a chegada de uma novidade à rede da operadora; o 5G DSS. Assim, a operadora promete ser primeira a ativar uma rede comercial 5G no país – antes mesmo da realização do leilão do espectro de frequências destinado à conexão de quinta geração.

Mas, calma. 5G no Brasil? Antes mesmo do desfecho da novela do leilão das faixas de frequência no país, que segundo o próprio presidente da Anatel só deve rolar no início de 2021? Como isso é possível? O Olhar Digital te explica aqui.

FONTE: https://olhardigital.com.br/noticia/anatel-vai-entrevistar-90-mil-pessoas-para-medir-satisfacao-de-servicos/103641