dez 14

ANÁLISE: Sem investimentos, Brasil fica para trás em inteligência artificial

Quanto maior a velocidade da internet móvel, mais essas soluções ganham espaço no dia a dia dos consumidores, abrindo a possibilidade de geração de novas receitas. Inteligência artificial ganha orçamento próprio nas empresas do paísÉ por isso que todo o mundo decidiu acelerar o desenvolvimento das redes de altíssima velocidade de internet. Em conferências como a promovida pela Qualcomm nesta semana nos Estados Unidos, a sensação é que até mesmo o 4G ficou para trás. Para eles, tudo já começa a ser pensado em gigabite por segundo (Gb/s). CARRO CONECTADO SEM TEMPO REAL A BORDODados da Telebrasil mostram que os investimentos no Brasil passaram de R$ 31,7 bilhões em 2014 para R$ 30,1 bilhões (2015).

FONTE: O GLOBO