dez 09

Amazon planeja usar drones para realizar entregas ainda neste Natal

iFood está atenta para aplicar a tecnologia em entregas no Brasil.

Drones podem ser usados para realizar entregas, e até mesmo estão sendo testados em alguns países. O assunto não é mais novidade. Jeff Bezos está de olho no segmento desde meados de 2013, mas precisou persistir por anos até que a tecnologia amadurecesse. Porém, desta vez, a Amazon afirmou que o início das entregas da modalidade poderá acontecer ainda em 2022. A companhia deverá conduzir voos com entregas experimentais na Califórnia.

A autorização para a multinacional foi emitida em 2020, quando a Administração Federal de Aviação dos Estados Unidos (Federal Aviation Administration / FAA) concedeu a permissão para que a companhia iniciasse a atuação com os drones. O modelo que será usado na empreitada deste ano será o MK27-2, capaz de voar a cerca de quatro metros do chão.

Calsee Hendrickson, líder do gerenciamento de drones da Prime Air, informou à CNBC: Se o drone encontrar outra aeronave enquanto estiver voando, ele voará em torno dessa outra aeronave. Se, quando chegar ao local de entrega, seu cachorro estiver embaixo do drone, não entregaremos o pacote”.

SE O DRONE ENCONTRAR OUTRA AERONAVE ENQUANTO ESTIVER VOANDO, ELE VOARÁ EM TORNO DESSA OUTRA AERONAVE. SE O SEU CACHORRO ESTIVER EMBAIXO DO DRONE, NÃO ENTREGAREMOS O PACOTE.

E no Brasil? Investirão em entregas com drones?

Todos os fatos explicados são interessantes; contudo, são mais relevantes para aqueles que moram em determinadas regiões dos Estados Unidos. Com relação ao nosso país, a ANAC (Agência Nacional de Aviação Civil) concedeu a permissão no início deste ano, viabilizando entregas comerciais usando os pequenos dispositivos. Trata-se do modelo Speedbird Aero, sendo que o iFood está de olho na máquina para efetuar entregas de refeições em breve.

TRATA-SE DO MODELO SPEEDBIRD AERO, SENDO QUE O IFOOD ESTÁ DE OLHO NA MÁQUINA PARA EFETUAR ENTREGAS DE REFEIÇÕES EM BREVE.

Até este momento, a companhia começou a testar a possibilidade em São José dos Campos (SP) e em Aracaju (SE). Se o experimento for bem-sucedido, em breve tentarão aplicar em outros locais. É necessário se assegurar que todas as exigências para que o instrumento possa funcionar sejam respeitadas.

FONTE: https://mundoconectado.com.br/noticias/v/30140/amazon-planeja-usar-drones-para-realizar-entregas-ainda-neste-natal