abr 18

9 Tecnologias de Realidade Aumentada para construção

Uma inovação tecnológica está revolucionando uma das profissões mais antigas do mundo. A realidade aumentada mal chegou e vem transformando a maneira como se fazia construção civil nos últimos séculos. A mudança não é apenas ao projetar e modelar, mas também ao construir. A realidade aumentada beneficia engenheiros, designers, arquitetos, gerentes de projetos, provedores de serviços – e toda a equipe de construção.

Diferente da realidade virtual, que cria um ambiente totalmente novo e independente do mundo real, a realidade aumentada inclui elementos virtuais que interagem com o que já existe. Assim é possível unir projetos arquitetônicos virtuais à realidade do canteiro de obras – aumentando a eficiência e precisão, reduzindo a ocorrência de erros e economizando tempo, dinheiro e recursos.

Sabemos que as obras frequentemente são espaços caóticos, barulhentos e sujos. Ainda que a adoção do sistema BIM reduza grande parte das incompatibilidades e surpresas desagradáveis durante o processo construtivo, é inevitável que surjam dúvidas e ocorram erros durante a obra. E, mais importante, cada erro ou refazimento custa muito dinheiro e tempo.

A ideia é que os aplicativos de Realidade Aumentada possam proporcionar uma visão mais exata daquilo que será construído e todas as camadas de materiais e instalações que, muitas vezes, são complexas de se entender através de desenhos. Para isso, plantas 3D e até hologramas de maquetes virtuais são utilizados para melhorar a compreensão do projeto e facilitar a execução de projetos. E, mesmo durante a construção, a possibilidade de ver através de paredes e entender o caminho das instalações facilita o processo e reduz a possibilidade de erros, ou mesmo para guiar a construção de geometrias complexas.

Para tal, há a necessidade de um dispositivo, geralmente, um óculos. Atualmente, há diversas empresas fabricantes, mas o mais popular usado na construção civil é o Microsoft HoloLens. Uma das grandes razões pelas quais as construtoras escolhem o Microsoft HoloLens é o preço e o fato de agora ele ser certificado como óculos básicos de proteção. Já a empresa DAQRI desenvolveu um capacete de segurança integrado ao óculos, para facilitar ainda mais o uso por profissionais da construção civil.

Uma das áreas que mais irá se beneficiar com a realidade aumentada é a de inspeção e gerenciamento de obras. Esse vídeo conceitual evidencia como o trabalho poderá ser facilitado e aprimorado com a adoção da tecnologia no futuro:

FONTE: ARCHDAILY