maio 22

5 livros que você não pode deixar de ler, segundo Bill Gates

O fundador da Microsoft recomenda cinco livros de assuntos diversos – desde sangue a guerras e capitalismo

Além de fundador da MicrosoftBill Gates também é conhecido por seu ávido gosto por leitura. Ele frequentemente compartilha os melhores títulos que leu em seu blog e agora traz recomendações de cinco livros para ler nas férias.

Os títulos são de assuntos variados – desde guerras à sistemas econômicos e romances. “Com a exceção de um, todos possuem a ideia de disrupção, mas eu não digo ‘disrupção’ da maneira que as pessoas de tecnologia geralmente falam. Recentemente, eu me vi mergulhado em livros sobre revoltas (esse é inclusive o título de um deles)”, escreveu Gates. Apenas um dos cinco títulos está disponível em português atualmente, pois os livros são lançamentos. Confira a lista:

“Upheaval”, de Jared Diamond

Bill Gates leu o livro mais recente de Jared Diamond, lançado no início deste mês nos Estados Unidos. Chamado “Upheaval” (na tradução literal, revolta), a obra discute porque algumas nações se recuperam de traumas e outras não. O autor discute desde a abertura do mercado japonês aos Estados Unidos ao ataque da União Soviética à Finlândia. Diamond é biólogo e fisiologista e ganhou um Prêmio Pulitzer pelo livro “Armas, Germes e Aço – Os Destinos das Sociedades Humanas”. Diferentemente do lançamento, o último livro está disponível em português.

“Nine Pints”, de Rose George

O segundo livro recomendado é sobre… Sangue. “Se você fica enojado com sangue, esse livro provavelmente não é para você. Mas se você é como eu e acha fascinante, irá gostar”, escreveu o empreendedor. A jornalista britânica Rose George escreveu a obra sobre os tabus, aspectos financeiros, medicinais e mistérios do sangue. O nome “Nine Pints” faz alusão a quantidade de sangue no corpo humano, equivalente à cinco copos de cerveja de 568 ml. A autora viajou para a Índia, Nepal, África do Sul e Canadá para descobrir curiosidades sobre o sangue. Entre as descobertas, há estatísticas de que a cada três segundos uma pessoa recebe a doação de sangue de um desconhecido. O livro ainda não está disponível em português.

“Um Cavalheiro em Moscou”, de Amor Towles

A obra de Towles é sobre Aleksandr Rostov, um conde fictício que é condenado à prisão domiciliar no hotel Metropol após escrever uma poesia contra os ideais da Revolução Russa. Icônico, o hotel realmente existe e é um retrato das mudanças sofridas pelo país – e que são contadas a partir da visão e vivência do personagem durante a prisão. “Mesmo se você não gostar de ler tanto sobre a Rússia quanto eu (li todos os livros de Dostoiévski), ‘Um Cavalheiro em Moscou’ é uma história incrível que qualquer pessoa pode aproveitar”, descreve Bill Gates. A obra está disponível em português.

“Presidents of War”, de Michael Beschloss

Michael Beschloss, historiador presidencial, analisa em seu mais recente livro como os presidentes dos Estados Unidos lidaram com alguns dos maiores conflitos do país. “É difícil ler sobre os conflitos de hoje sem pensar em como eles podem se conectar ao passado e qual impacto podem ter no futuro”, afirma o empreendedor. Seu interesse é principalmente na Guerra do Vietnã, pois ele poderia ter sido recrutado se fosse um pouco mais velho. O livro ainda não está disponível em português.

“The Future of Capitalsm”, de Paul Collier

O economista Paul Collier aponta alguns dos problemas do capitalismo e propõe soluções. Entre eles, estão a divisão entre as pessoas que possuem ensino superior ou não, a diferença global de renda entre países e a fragilidade de alguns governos. “Mesmo que eu não concorde com ele em tudo – acredito que as análises dos problemas são melhores do que as soluções propostas –, seu background como um economista traz uma perspectiva inteligente de onde o capitalismo está indo”. O livro ainda não está disponível em português.

Confira o vídeo explicativo do empreendedor (em inglês):

FONTE: STARTSE