mar 18

5 dispositivos para uma casa inteligente

A Internet das Coisas permitiu que a automação chegasse aos nossos lares. São vários os dispositivos que podem ser conectados para maior conforto do usuário, desde itens que aumentam a segurança física, até recursos que colaboram para momento de descanso prazeroso. Veja a seguir 5 dispositivos para uma casa inteligente.

Só entra quem é autorizado

Andar com chaves para manter a casa protegida não é mais necessário se você tiver uma trava inteligente na porta de entrada. Muitos modelos contam com um sistema automático, que libera a entrada por aproximação. Ou seja, basta que o equipamento identifique seu smartphone para que permita o acesso à casa.

Travas mais tecnológicas incluem a possibilidade de dar acesso a convidados, seja amigos, parentes ou funcionários, sem a necessidade de entregar cópias de chaves para todas essas pessoas. Nesse sentido, a Internet das Coisas na tranca da porta tem uma utilidade à mais para quem aluga casas em sites como Airbnb ou para imobiliárias por temporada.

Segurança online para conexão dos moradores

Diariamente, são vários os sites e plataformas que acessamos, seja pelo celular ou pelo computador. Em uma casa inteligente em que tudo se conecta pela internet, ao permitir que um arquivo malicioso entre em contato com um dispositivo, há uma chance de que outros itens da mesma rede sejam infectados. Uma solução prática para ter segurança online é o roteador VPN.

 Um roteador VPN é capaz de proteger todos os dispositivos que se conectam em uma mesma rede Wi-Fi. A vantagem é que ao invés de instalar um VPN em cada dispositivo, você consegue dar segurança para uma rede inteira, impedindo a entrada de vírus e outros tipos de arquivos. Uma vez que a Internet das Coisas utiliza dados continuamente do usuário, uma rede desprotegida pode entregar uma série de registros privados para pessoas com más intenções.

Para quem não conhece, VPN é uma tecnologia que permite “maquiar” o seu endereço IP, que é como a identidade da sua casa dentro da internet. Quando o VPN é aplicado à toda a rede Wi-Fi, há um aumento considerável na segurança online, evitando vazamento de dados pessoais e financeiros e a entrada de vírus nos equipamentos.
Iluminação na medida certa

Controlar a intensidade da luz, escurecendo ou iluminando um ambiente e até mesmo mudar a cor da iluminação é uma possibilidade ao utilizar a Internet das Coisas. Já são várias as opções de luminárias no mercado que contam com esse tipo de tecnologia, em que todo o controle é feito por meio do smartphone.

Outra vantagem da iluminação inteligente para casa está na ambientação para os bebês ou crianças pequenas. Neste caso, os pais podem configurar uma luz gradual, que diminui conforme a noite avança para incentivar o sono.

Climatização inteligente

Em um país de diferentes estações como o nosso, ter a possibilidade de manter a casa sempre climatizada faz toda a diferença para quem procura mais conforto em seu lar. Não é à toa que muitas marcas de ar condicionado já começaram a comercializar aparelhos inteligentes, que se conectam a aplicativos próprios para que o usuário configure o clima de acordo com sua preferência.

Equipamentos mais evoluídos são capazes de aprender os gostos dos moradores da casa, entendendo o horário que costumam chegar e sugerindo programações específicas, de acordo com as necessidades demonstradas previamente. Assim, a casa fica sempre com uma temperatura agradável, independentemente do clima lá fora.

A hora de dormir também pode ser inteligente

Segundo a Associação Brasileira do Sono (ABS), 73 milhões de brasileiros sofrem de insônia e, além de aspectos psicológicos, esse número pode estar associado com a qualidade do colchão. Mas já imaginou se a cama pudesse ser programada para oferecer uma ótima noite de sono? Graças à Internet das Coisas, isso já é possível!

As camas inteligentes são capazes de aprender qual é a temperatura ideal para você dormir, além de te acordar gradualmente ao aumentar essa temperatura – ou seja, nada de susto com o alarme do celular. Há também um aplicativo que analisa os dados coletados enquanto você dorme para apresentar a qualidade do sono. Esse tipo de informação fica totalmente segura se combinado com um roteador VPN, que citamos anteriormente.

A verdade é que é questão de tempo para que a Internet das Coisas conecte seus dispositivos e fique ainda mais acessível, transformando os lares ao permitir que as pessoas tenham mais comodidade na rotina diária. Alguns desses dispositivos já estão presentes no mercado de forma mais acessível, como o roteador VPN e o ar condicionado com aplicativo, mas ainda há muito espaço para as evoluções que a tecnologia promete.
FONTE: BONDE