dez 06

5 dicas para manter o e-mail da sua empresa seguro

Google separou algumas dicas para a hora de escolher uma plataforma de e-mail sem colocar o futuro de empresa em jogo

O e-mail é uma das ferramentas mais usadas nas corporações, sendo responsável por transmitir, muitas vezes, mensagens que contêm informações confidenciais. Por isso, é fundamental que as empresas protejam seus e-mails, evitando o risco que estes dados sejam expostos de alguma forma.

Contratar um serviço de e-mail e compartilhamento que seja, ao mesmo tempo, confiável e forte, capaz de barrar todas as ameaças externas, é essencial. O Google separou algumas dicas para a hora de escolher uma plataforma de e-mail sem colocar o futuro de sua empresa em jogo. Confira!

1. Tudo na nuvem

Escolher uma solução que foi criada na nuvem e que, desde o início, focou na segurança online é a melhor forma de ter certeza que seus dados e arquivos estão guardados e seguros. Geralmente, aplicações nativas da nuvem costumam investir muito na confidencialidade de tudo o que circula pela plataforma. Todas as informações são armazenadas com alto nível de segurança e sigilo.

2. Fácil de implementar e usar

Muitas vezes, ferramentas de segurança são úteis apenas quando você as implementa, correndo o risco de não utilizá-las se for um procedimento complexo. Para isso, existem ferramentas fáceis de serem adotadas e que deixam essa parte mais prática. Plataformas que contam com prevenção de perda de dados, por exemplo, podem evitar que as informações sejam desviadas, evitando prejuízos nos negócios.

3. Incorporando soluções diretamente no e-mail

Hackers costumam direcionar ataques por e-mail. Por isso, é ideal que a empresa opte por uma plataforma que ofereça segurança e soluções diretamente no próprio e-mail. Escolha ferramentas que tenham um grande esquema de segurança aplicando Machine Learning, pois são capazes de detectar possíveis ameaças antes delas chegarem ao cliente.

4. Machine Learning

Falando nele, o Machine Learning pode te ajudar a tomar decisões de segurança e a levantar os mais preocupantes pontos nesse quesito, sem enviar dezenas de e-mails, notificações e atualizações de coisas menos importantes.

5. Padrões de segurança e privacidade

O ideal é que a empresa contrate um fornecedor que esteja de acordo com rígidos padrões de privacidade e segurança, baseados nas melhores práticas do setor. Além dos fortes compromissos contratuais em relação à propriedade e uso de dados, segurança, transparência e responsabilidade, a plataforma tem de fornecer as ferramentas necessárias para atender seus requisitos de conformidade e relatórios.

FONTE: IT FORUM 365