ago 10

1ª turbina eólica reciclável do mundo começa a funcionar na Alemanha

Engenheiros da empresa Siemens Gamesa, na Dinamarca, desenvolveram uma turbina eólica com pás totalmente recicláveis. O novo sistema de geração de energia é feito com uma resina epóxi que permite que as lâminas gigantescas sejam reaproveitadas após seu período de vida útil.

Segundo os pesquisadores, as pás feitas de fibra de vidro, madeira e resina podem ser dissolvidas em uma solução de ácido suave, servindo como base para a fabricação de novos produtos comercialmente rentáveis, como malas e carcaças para equipamentos eletrônicos.

“Ao contrário dos materiais convencionais, o sistema de resina reciclável permite a reciclagem da lâmina e a recuperação da resina. Além disso, essa resina foi projetada para ter uma reatividade lenta, permitindo uma melhor processabilidade e cura mais rápida do que os materiais tradicionais para reduzir o tempo de fabricação das lâminas”, explica o engenheiro de materiais Harald Stecher.

Em funcionamento

A primeira turbina do mundo feita com pás recicláveis possui 81 metros de comprimento e está sendo testada no parque eólico de Kaskasi, localizado a 35 km da costa alemã, no Mar do Norte. A instalação conta com 38 turbinas que devem gerar 342 MW de eletricidade renovável até o final de 2022.

Pás recicláveis usadas no parque eólico de Kaskasi (Imagem: Reprodução/Siemens Gamesa)

Durante o processo de testagem, os engenheiros pretendem avaliar a capacidade de geração de energia das lâminas, além da durabilidade de todo o sistema eólico construído com base nesse novo tipo de resina epóxi que, segundo eles, possui uma pegada de carbono infinitamente menor do que os dispositivos fabricados atualmente.

“Este novo sistema de produção de pás eólicas marca uma contribuição significativa para a meta da Siemens Gamesa de ter turbinas totalmente recicláveis ​​até 2040. Com essas lâminas reaproveitáveis, podemos criar uma economia circular muito mais eficiente e lucrativa”, acrescenta Stecher.

Pás maiores

Em um futuro próximo, os pesquisadores acreditam que será possível construir pás eólicas maiores, com até 115 metros de comprimento. A ideia é que os novos dispositivos, além de totalmente recicláveis, sejam mais econômicos e produtivos do que os sistemas disponíveis hoje no mercado.

Pás eólicas fabricadas com resina epóxi reciclável (Imagem: Reprodução/Siemens Gamesa)

Com o desenvolvimento dessas resinas sustentáveis, as pás eólicas recicláveis poderão substituir as lâminas convencionais na medida em que elas forem chegando ao fim do seu período de utilização, contribuindo para a criação de uma cadeia produtiva de energia completamente limpa.

“Estamos entusiasmados com esse impacto potencial na indústria eólica e sua contribuição para o desenvolvimento de uma economia circular, capaz de contribuir de maneira sólida no combate às mudanças climáticas que estamos presenciando ao redor do planeta”, encerra Harald Stecher.

FONTE: https://canaltech.com.br/inovacao/1a-turbina-eolica-reciclavel-do-mundo-comeca-a-funcionar-na-alemanha-222525/